A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria de Saúde, iniciou um serviço de acolhimento para gestantes na Unidade Municipal Materno Infantil (UMMI).

O objetivo é apresentar a unidade e os profissionais que irão acompanhá-las durante a gestação. Assistentes sociais, psicólogos, dentro outros profissionais da saúde concedem orientações e auxílios para as pacientes. O serviço ocorre desde a porta de entrada até o momento do parto.

“Nós começamos aqui na UMMI um processo diferenciado de acolhimento, tanto para os pacientes, quanto para os servidores. No acolhimento para os pacientes, a gente já implantou o serviço na porta de entrada, onde uma enfermeira recebe quem busca atendimento na maternidade. Dessa forma, podemos priorizar aqueles pacientes de maior risco, ou seja, os que precisam de atendimento de maior urgência”, explica o Diretor do Departamento de Administração da UMMI, Everton da Costa Ramalho.

Além disso, o serviço de acolhimento também conta com acompanhamento, via telefone, com as gestantes que já estão com mais de 38 semanas (cerca de 9 meses) e que são encaminhadas para casa para que aguardem o processo natural da gestação.

“Temos uma funcionária que trabalha com a humanização, faz as ligações, conversa com os familiares, entende as ansiedades e as angústias. Já tivemos casos no qual a gestante vai à UMMI antes do período do parto conhecer a maternidade, saber qual é o fluxo, como que ela vai ser atendida. Isso tudo para desmitificar o medo que existe nas gestantes em relação ao ambiente hospitalar. Nós tentamos minimizar a ansiedade para que o momento do parto seja um momento de benção, que seja um momento no qual ela esteja bem orientada”, finaliza o Diretor.

A UMMI é uma unidade que atende gestantes, parturientes e crianças, e dispõe de 88 leitos, sendo que 10 destes são de UTI Neonatal, únicos existentes no município de Teixeira de Freitas para atendimento a esse público. No ano passado, a média mensal da UMMI foi de 3,5 mil atendimentos e 270 partos, entre normais e cesárea.

Atualmente, a maternidade tem como equipe de plantão 2 pediatras, 2 obstetras ,1 pediatra neonatologista (UTI Neonatal), e 1 anestesista. Há pediatras para consulta diariamente e dar assistência na enfermaria, na sala de parto e no alojamento conjunto, além de exames de ultrassonografia, atendimento de fisioterapia e psicologia. Em casos específicos de pacientes internados, há avaliação de outros especialistas como otorrinolaringologista, neuropediatra, oftalmologista, cirurgião, ortopedista e cardiologista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.